Professores e alunos de Vigia fazem manifestação e categoria decide por greve

Uma grande manifestação de professores e alunos da rede estadual de ensino foi realizada na manhã desta terça-feira (10), no município de Vigia, nordeste paraense, para cobrar reformas do Governo do Estado reformas nas escolas da cidade, mais segurança e melhorias na merenda escolar. Os professores também decidiram, em assembleia, que entrarão em greve.

Os manifestantes começaram o protesto às 8h da manhã na frente do colégio estadual Bertoldo Nunes e foram em caminhada pelo centro histórico de Vigia.

Segundo o coordenador da subsede de Vigia do Sindicato dos Trabalhadores da Educação do Estado do Pará, Heleno Barata, as escolas estão em completo abandono.

“Tem escolas que o teto está desabando, piso quebrado, quadra de esporte sem condições de uso. É lamentável entrar em uma escola e nos deparar com isso. É o desrespeito de nossas autoridades com as pessoas que tem como direito fundamental ter acesso à um ensino de qualidade. Ver uma situação como essa em uma escola é extremamente lamentável”, afirmou Heleno.

Os manifestantes também destacam que algumas escolas nunca passaram por uma reforma desde a construção e que os transtornos são muitos.

A manifestação culminou com uma grande assembleia dos professores encerramento na Câmara de Vereadores de Vigia. Lá, os profissionais decidiram, por unanimidade, entrar em greve até o governo tomar providências para com as reivindicações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: